segunda-feira ,25 junho 2018

Tentando Refletir

Tenho que confessar a vocês, que cada dia vem aumentando a minha dificuldade em refletir consequentemente em escrever e isso vem me deixando muito preocupado, comecei a procurar  o que esta acontecendo comigo,  pesquisei procurei especialista, mas estou chegando a seguinte conclusão: vou ter que fazer no meu celebro um blecaute total para que não tenha um apagão e fazer novos registros. O que foi registrado desde da época que nasci está em conflito com as realidades atuais.

Aprendi com meus pais a respeitar os mais velhos, não mentir, não pegar as coisas dos outros, que a escola era lugar de estudar, se roubar seria preso. Na escola, aprendi muitas coisas novas, principalmente conviver com os meus colegas e respeita-los, mas como toda criança, também fazia as minhas traquinagens, quando os meus pais eram chamados, quem tomava a bronca era eu e as vezes ficava de castigo, tinha horário para estudar, de assistir televisão, de brincar com os amigos de dormir e de acordar. Fui crescendo, novas escolas, novos colegas, novos aprendizados, mas os conhecimentos morais continuavam os mesmos.

Os anos se passaram e as mudanças surgiram, os garotos não brincavam mais de peão as meninas não brincavam mais de roda, vieram os computadores, os jogos eletrônicos, os programas de tvs deixarão de passar Tom e Jerry, os flitones as músicas então como mudaram, mas sem dúvida nenhuma a mudança que vem deixando o meu celebro em curto, são as mudanças morais. Como não entrar em conflito? Tudo que foi processado durante a minha formação, é totalmente diferente aos dias atuais; pais indo a escola para agredir os professores e direção pelo simples fatos de uma nota baixa ou por que repreendeu os seus filhos, alunos cada dia mais desrespeitosos com os professores, filhos que não obedecem mais os pais, programas de tvs na sua maioria violentos, novelas deixando os valores familiares de lado, as músicas apelativas, os criminosos soltos e quando presos com mais direitos do que as pessoas de bem e os nossos representantes Públicos, esses a grande piada, a grande farsa, os grandes desonestos, roubam com a maior cara de pau tirando dos mais necessitados ,o pão o leite, a educação a saúde e a segurança.

Não aguento mais ligar a tv e assistir os noticiários, não consigo assimilar tanto cinismos desses bandidos, e as respostas dadas por eles, seus advogados ou representantes, são intragáveis: “Sou inocente, as doações foram legais e registradas no TRE, são delações mentirosas, o meu cliente provara a sua inocência, não dei autorização a ninguém para receber nada em meu nome, não conheço e nuca tive com ele….

Estou fazendo um esforço enorme para tentar refletir novamente, colocar as ideias em ordem e aproveitando do que me resta em raciocínio cheguei a esta definição que o nosso Brasil perdeu a direção o poder político da nação ficou sem um rumo exato.

Quem admira o trabalho do juiz Sérgio Moro, acredita que o país ainda terá um futuro aquém de seus problemas, tamanho o furor da sociedade contra os desmandos e caos gerados pelos Governantes. O Desrespeito dos políticos é uma constante pela falta de ética e vergonha na sua grande maioria. O brasileiro está ferido de morte moral.

Hoje muitos Brasileiros torcem que haja uma Intervenção Militar; vem os defensores de não sei o que e começam a alardear que seria um golpe.

Golpe é não ter médicos, leitos nos hospitais, remédios, ambulâncias, respeito a vida das pessoas jogadas por corredores, definhando, agonizando até a morte.

Golpe é o cidadão sofrendo para encontrar uma vaga de trabalho, passando pelos maiores constrangimentos, todos os dias, por vezes mendigando um ”qualquer coisa serve” afim de levar arroz e feijão para sua casa.

Golpe é ver os sonhos de milhares de universitários indo pelo ralo por não conseguir pagar uma faculdade, ou não ter como se manter dentro de uma.

Golpe é levar na face e sem compaixão alguma os aumentos de preços em conta de luz, água, telefone, gás, internet, combustíveis, pedágios e tão questionada transporte público.

Golpe é ver uma aposentado, o qual contribuiu boa parte de sua vida, ter seu salário roubado descaradamente para pagamentos de dívidas públicas, não tendo o que comer em casa ou gastar seu soldo em remédios até que a morte chegue.

Golpe é ver professores sofrerem a carga emocional de ter que lecionar para quem não dá a mínima aos estudos, preferindo a ser ladrão, traficante e outras modalidades criminosas, ameaçando aos mestres que dedicaram anos de suas vidas para formarem cidadãos.

Golpe é saber que um menor mata, ri e ainda bate no peito se vangloriando de seus crimes, sabendo que será beneficiado pela conivente justiça brasileira, direitos humanos e igrejas.

Golpe é saber que um policial morre na mão de um  marginal, e o mesmo, sai pela porta da frente de uma delegacia após pagar uma fiança e responder em liberdade.

Golpe é enjaular um policial quando este mata um bandido, respondendo a inquéritos e sendo expulsos da corporação.

Golpe é saber que milhares de crianças não tem merenda nas escolas, uniformes, materiais didáticos e transportes adequados as suas necessidades,  por conta de falcatruas governamentais.

Golpe é querer impor as famílias do país, metodologias de caráter duvidoso e questionável quanto a sexualidade de uma criança, levando as tais metodologias para dentro das salas de aulas, constrangendo alunos e alunas, gerando confusão sobre o que é moral e respeito as escolhas de cada um, recheando-as com apologias disso ou daquilo.

Golpe é criar discussões sem uma lógica aparente, para confundir e violentar mentalmente as pessoas, impondo regras e condutas imorais sobre o que é uma família, o que é religiosidade, desvirtuando o livre pensar de cada pessoa.

Golpe é ver religiosos se digladiando ferozmente, uns aos outros sobre suas crenças.

Golpe é implantar uma convulsão social, desordeira, maléfica a condição humana, degradando a história de uma vida toda.

Golpe é acreditar em um amanhã melhor para o país, baseando-se nos pensamentos mais pífios, oligárquicos, hereditários de suplantada desordem.

Golpe, por assim dizer, é tornar uma nação inteira como a do Brasil, uma obra de devastação interesseira por parte de quem o gerencia.

Você pode Gostar de:

Greve dos caminhoneiros derruba venda de TVs para a Copa

Varejo aposta na atuação da seleção para tentar reverter queda; vendas caíram 24% na semana …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]