Amanheça o dia bem informado

O governo tem 119 projetos de venda de estatais e prevê 22 leilões até o fim do ano; veja o mapa das privatizações. A expectativa é de que elas aconteçam já no ano que vem. Em meio a suspeitas de ‘rachadinha’, deputados do RJ podem ter que divulgar lista de assessores. Sai o vencedor do Nobel de Física. A onda de protestos em Hong Kong. No Equador, o governo mudou sua sede de Quito para Guaiaquil.

Privatizações

 
Leilão da BR-364/365, realizado em 27 de setembro, foi o primeiro do governo Bolsonaro no setor de rodovias — Foto: Divulgação / Ministério da Infraestrutura

Leilão da BR-364/365, realizado em 27 de setembro, foi o primeiro do governo Bolsonaro no setor de rodovias — Foto: Divulgação / Ministério da Infraestrutura

Apesar das persistentes incertezas sobre o processo de venda de estatais, a agenda de privatizações e concessões avançou em 2019 e foi ampliada. Somados os projetos iniciados ainda no governo Michel Temer e os anunciados na gestão do presidente Jair Bolsonaro, o número atual de ativos listados para serem oferecidos em leilões para a iniciativa privada está em 119, contra 69 no começo do ano.

Levantamento do G1 a partir dos dados disponibilizados pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) mostra que 29 leilões já foram realizados em 2019 e que outros 22 estão previstos para ocorrer até o final do ano.

“Temos a expectativa que muitas delas aconteçam e se formalizam já em 2020. É o caso da Eletrobras”, afirma a secretária, que incluiu também na lista Casa da Moeda, Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), Dataprev, Ceagesp, CeasaMinas, Emgea e ABGF (Associação Brasileira Gestora dos Fundos Garantidores e Garantias) na lista de privatizações .

‘Rachadinhas’

Em meio a investigações sobre “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), a Casa decide esta semana se será obrigada a divulgar a relação de funcionários contratados pelos deputados.

A “rachadinha” é a prática em que o assessor devolve o salário (e até auxílios, como o educação) ao chefe. Atualmente, a Alerj divulga o nome dos assessores — mas sem dizer para quais deputados trabalham.

A proposta é uma emenda a um projeto que será votado na quinta-feira (9). O projeto original, de Eliomar Coelho (PSOL), fala apenas em divulgar as faltas semanais dos parlamentares. A emenda é de Alexandre Freitas (Novo).

Nobel de Física

Será conhecido o ganhador do Prêmio Nobel de Física de 2019. No ano passado, o prêmio de a R$ 4.098.402 foi dividido por Arthur Ashkin, Gérard Mourou e Donna Strickland. O americano Arthur Ashkin, de 96 anos, foi premiado com metade do valor por sua pesquisa em pinças ópticas e a aplicação delas em sistemas biológicos. O francês Gérard Mourou, 74, e a canadense Donna Strickland dividiram os outros R$ 2 milhões, pelo método de gerar pulsos de laser supercurtos de alta intensidade, utilizados em cirurgias para os olhos. Donna Strickland foi apenas a terceira mulher a vencer o prêmio desde 1903, e a primeira desde 1963.

Crise no Equador

Manifestantes desafiam estado de exceção decretado pelo presidente do Equador

Manifestantes desafiam estado de exceção decretado pelo presidente do Equador

Após protestos perto do Palácio Carondelet, o presidente do Equador, Lenín Moreno, decidiu mudar a sede do governo da capital Quito para a cidade costeira de Guaiaquil. O anúncio foi feito em pronunciamento por rádio e televisão já transmitido da cidade costeira ontem à noite. Moreno responsabilizou “por tentativa de desestabilizar seu governo” seu antecessor , Rafael Correa, e também Nicolás Maduro, presidente da Venezuela. O Parlamento também informou que manifestantes tentaram, sem sucesso, ocupar a sede do Congresso equatoriano. As manifestações, que começaram após o Executivo aplicar forte aumento no preço dos combustíveis, chegam hoje ao sétimo dia.

Brasileiros ameaçados

 
Rodolfo de Medeiros e Claudinei Batista, durante trecho da viagem pelas Américas — Foto: Rodolfo de Medeiros/Arquivo pessoal

Rodolfo de Medeiros e Claudinei Batista, durante trecho da viagem pelas Américas — Foto: Rodolfo de Medeiros/Arquivo pessoal

Brasileiros que cruzam Américas de moto enfrentam ameaças para entrar no Equador. Rodolfo de Medeiros e Claudinei Batista saíram dos EUA em 10 de setembro e pretendem cruzar 14 países até chegar ao Brasil. Eles foram abordados quando tentavam cruzar fronteira pela Colômbia, e só conseguiram atravessar à noite, por atalho no meio do mato.

Quem são os curdos?

 
Curdos-sírios marcham durante protesto contra a ofensiva turca no enclave de Afrin, na cidade síria de Qamishli, na quarta-feira (24) — Foto: Delil Souleiman/AFP

Curdos-sírios marcham durante protesto contra a ofensiva turca no enclave de Afrin, na cidade síria de Qamishli, na quarta-feira (24) — Foto: Delil Souleiman/AFP

A decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de retirar tropas norte-americanas do nordeste da Síria abriu caminho para uma ofensiva da Turquia contra forças curdas na região. Poucas horas depois do anúncio da medida, a televisão síria registrou imagens de explosões atribuídas a militares turcos. Entenda quem são os curdos e por que há risco contra eles.

Curtas e Rápidas:

Hoje é dia de…

  • Dia Nacional de Combate à Cartéis
  • Dia Nacional de Doação de Cordão Umbilical

Fonte – G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *